quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Alvos de Zim

Tuc!

Embirro com criaturas estridentes e que com essa pecha ainda acumulam o facto de serem intrometidas, despropositadas, mandonas e tolas. Entenderão certamente o tipo de personagem que aqui refiro, se vos adiantar que se inclui nas gentes que têm uma compulsiva necessidade de dar graxa aos outros, mas daquela graxa (já suficientemente má por sê-lo), completamente abobalhada e estulta. Claro que esta característica vem sempre acompanhada de uma carência aguda, e eventualmente de alguma ausência de auto-estima, porque é um tal de dispensar "fofa" e "coisa boa" e "minha querida" com uma frequência e generalização que é, no mínimo, de suspeitar. Sobretudo quando o emissor de tais fofuras não é especialmente doce. Por outro lado, este tipo de gente imagina-se capaz de congeminações astrais, o que os faz aventurar numa tentativa triste e frustre de nos excluir do caudal das "riquezas" quando nos encontramos (por infelicidade!), no mesmo metro quadrado. Decerto que intimamente o agradecemos.
Sabem, sabem bem. Não terão um ou uma coleguinha assim? Vizinha, qualquer coisa? Estas pessoas assumem, entretanto, um ar protetor e de defensor da justiça e dos oprimidos contra os pretensamente injustos, esquisitos e opressores (onde normalmente nos incluem), e são adeptas da pior espécie de carneirada - aliás, a única reprovável -, a humana. Querem ser engraçadas e as bobas da corte a todo o custo, fazem observações cretinas e frouxas e oscilam entre tratar-nos com simpatia e lançar-nos um olhar de vigilante raiva antipática. Gostam de medir os outros, e de saber dos outros.
Pergunto se não gostariam, talvez no recato do lar, sossegadas e sem distrações para os seus encéfalos demasiado molinhos, de saber mais de si. Mas, é como diz o anúncio... não era a mesma coisa!
E depois, como poderíamos ganhar embalagem para posts destes? E como teríamos o gosto especial de sabermos que destilamos antipatia nas pessoas com quem não vamos à bola?

5 comentários:

Tétisq disse...

Ahahah...Concordo em absoluto :)

Pagu disse...

Fofinha, este post está perfeito.

E gosto muito de ti, minha riqueza linda.

Adorei o post. Estás em grande forma.

Quanto aos referidos...ahahahhaah...viver deve ser o pior castigo. Conheço a espécie, às vezes de tão ridícula e inconsistente acaba por me fazer rir até às lágrimas.

Tamborim Zim disse...

ahhh Beijinhos Tétisq e Pagu!
Muito obrigada por terem paciência aqui p a Zim:))
Ah, Pagu, viver deve ser, p essas criaturinhas, fofinho!...

Pagu disse...

Bráu´hau reisuy uiosninuio

Vómitos, muitos vómitos.

Ou, como diria o grande poeta "vamos pedir piedade, Senhor piedade, para essa gente careta e covarde"

Grande Cazuza, ontem, hoje e sempre.

menina lamparina disse...

Todos conhecemos alguém assim... e todos desejamos não conhecer. lol